Uma Paróquia
Uma Comunidade

Situada no coração do setor Nova Suiça, a Paróquia Nossa Senhora Aparecida e Santa Edwiges recebe todos os anos milhares de peregrinos e fieis. Suas trinta e uma pastorais, grupos e movimentos trabalham para semear a Boa Nova de Jesus na comunidade.

Expediente

(62) 3259-8374 // (62) 3259-9693

Whatsapp: (62) 98410-0165

Rua C-252 Qd 589 Lt 12 

Setor Nova Suiça CEP 74280-160

Goiânia - Goiás

E-mail: paroquiasantaedwiges16.pascom@gmail.com

Conecte-se
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2019 por LB Comunicação e Marketing

Orientações para o Sacramento do Matrimônio

Orientações Pastorais

A preparação para o matrimônio e a vida familiar é um processo abrangente e globalizante. Deve constituir-se numa educação permanente para o amor que, assumido e santificado pela caridade, caracteriza a união conjugal como revelação (sinal e instrumento) do amor esponsal de Cristo pela Igreja.

 

Esta formação deve atingir as pessoas em todas as faixas de idade, não podendo reduzir-se apenas ao tempo que precede imediatamente à celebração do casamento e que, não obstante, há de ser um tempo forte e especial de preparação.

 

A celebração sacramental do matrimônio é um momento privilegiado na vida cristã. Supõe uma experiência de amor gratuito e é ponto de partida para um caminho a percorrer. E, no sacramento do matrimônio, a unidade de amor é comparada à doação de Cristo por Sua Igreja.

Processo

a. Deve ser feito na Paróquia de um dos noivos, de preferência na Paróquia da noiva;

b. Iniciado pelo menos 3 (três) meses antes da data do casamento;

c. Os noivos devem manifestar sem receio:

 Se algum deles não é batizado ou não é católico;

 Se nunca recebeu o Sacramento da Eucaristia;

 Se tem algum parentesco um com o outro;

 Se já foi casado civilmente com outra pessoa.

d. Após a entrega da documentação, os noivos devem marcar a entrevista com o pároco da Paróquia. 

Documentação Necessária

a. Certidão de Batismo atualizada, emitida para fins matrimoniais. Se não for encontrada a anotação do Batismo na Igreja onde foi batizado(a), solicitar a certidão negativa;

b. Atestado do Cartório em que o casamento no civil foi marcado e satisfeitas as exigências legais;

c. Certificado de participação no Encontro de Preparação para o Matrimônio; 

d. Cópia de um documento de identidade;

e. Atestado de Óbito do falecido, em caso de viuvez;

f. Cópia Comprovante de endereço;

g. Caso haja impedimento canônico, o pedido de dispensa será encaminhado pela Paróquia;

h. Se os noivos forem casar-se em outra Diocese, solicitar e levar o documento “Instrumento Canônico” ou trazê-lo, se vier de outra Diocese. 

Músicas

 Na Igreja serão tocadas apenas músicas com letras de mensagens religiosas ou músicas do repertório clássico e tradicional, sendo:

 Uma música para entrada dos padrinhos e madrinhas;

 Uma música para entrada dos pais;

 Uma música para entrada do noivo;

 Uma música para entrada das damas e pajens;

 Uma música para entrada da noiva;

 Salmo Responsorial;

 Aclamação ao Evangelho;

 Uma música para bênção das alianças;

 Consagração a Nossa Senhora;

 Uma música durante as assinaturas;

 Uma música final para a saída dos noivos e convidados.

Ornamentação

A ornamentação da Igreja é exclusivamente da responsabilidade dos noivos do dia. A Paróquia fornecerá os telefones dos noivos para entrarem em contato quanto à decoração, sendo observado:

 Os bancos da Igreja não podem ser retirados ou afastados de seus lugares;

 Deve ser respeitada a disposição dos móveis do presbitério em seus 

        respectivos lugares;

 A ornamentação deve ser feita no horário entre 13 e 15 horas;

 Quanto à decoração em si, é permitido:

o Dois arranjos na entrada da Igreja;

o Dois arranjos ao lado do altar central;

o Dois arranjos em cada um dos altares laterais;

o Cadeiras para os pais,

o Genuflexório e Passarela.

 É vedado:

o Uso de velas e qualquer outro material colante, adesivo, prego e percevejo nos bancos;

o Mudança de decoração entre um casamento e outro;

o Uso de velas e lâmpadas no corredor;

o A retirada, após a cerimônia, dos arranjos colocados ao lado do altar central e nos altares laterais;

o A utilização de pétalas de rosas, arroz e outros na passarela, bem como na saída da igreja.

 

Horários

a. É extremamente importante a pontualidade dos noivos;

b. Os noivos assumem o Compromisso de Pontualidade, o qual deverá ser comunicado aos seus familiares e padrinhos com o objetivo de evitar constrangimentos na celebração do sacramento;

c. Serão disponibilizados 45 (quarenta e cinco) minutos para a realização da cerimônia, contando desde a entrada dos padrinhos até a saída;

d. Se os noivos não chegarem no seu horário (atrasarem) correm o risco de a cerimônia ser mais rápida, para que fique dentro do horário combinado;

e. Se, por atraso, algum casamento não puder ser realizado no horário marcado, será de inteira responsabilidade dos noivos.

Reserva

O casamento será definitivamente marcado na Agenda Paroquial quando:

 Forem entregues todos os documentos exigidos em até 3 (três) meses antes da data reservada;

 For quitado o sinal equivalente a 1/3 do valor estabelecido que, em caso de desistência, o mesmo não será devolvido e será revertido para as obras sociais da Paróquia.

 

Padrinhos

a. No máximo 10 (dez) casais para cada um dos noivos.

b. A entrada dos padrinhos deve evitar qualquer semelhança com desfiles de moda e os mesmos devem estar atentos ao respeito e decoro para com o ambiente religioso e sagrado, que é a Igreja.

c. NÃO E PERMITIDO TIRAR FOTOS COM OS PADRINHOS NO ALTAR, SOMENTE COM OS PAIS E AS DAMAS DE HONRA.

 

Horários de ensaio para casamento

 Os noivos poderão ensaiar a cerimônia do casamento, às segundas, terças e quintas-feiras, em horário a ser agendado na Secretaria Paroquial.

 

Fornecedores de serviços e mão de obra

a. Fotógrafos, músicos, cinegrafistas, decoradores, cerimonialistas e demais profissionais contratados pelos noivos, devem conhecer as normas de trabalho estabelecidas por esta Paróquia e pela Arquidiocese de Goiânia;

b. Durante as leituras e a homilia, os fotógrafos, cinegrafistas e demais profissionais, deverão atuar com discrição e respeito, evitando desviar a atenção das pessoas e nem prejudicar o bom andamento da celebração.

c. Serão permitidas fotografias, no presbitério, ao final da cerimônia, somente dos noivos, de seus pais e avós; 

d. Não serão permitidas fotografias, no presbitério, com padrinhos e irmãos dos nubentes, após o término da cerimônia;

e. Os músicos e decoradores contratados devem ser os mesmos que preparam e atuam em todas as cerimônias do dia, para facilitar a organização da celebração dos casamentos;

f. Não é permitida a prestação de serviços de quaisquer profissionais, que tenham praticado algum ato contrário às normas da Igreja;

g. Os fornecedores de serviços e mão de obra, que possuem a permissão para atuar nesta Paróquia, encontram-se cadastrados junto à Secretaria Paroquial, onde os noivos poderão se informar;

h. A Igreja não se responsabiliza por danos de qualquer natureza que, porventura, vierem acontecer a veículos estacionados na via pública.  

 

Conclusão

A Paróquia Nossa Senhora Aparecida e Santa Edwiges deseja que a celebração das núpcias seja um momento especial e abençoado para os cônjuges e, para isso, preparou estas orientações que deverão ser acatadas e cumpridas por todos aqueles que desejam contrair o Sacramento do Matrimônio nesta Paróquia e, também, todos os profissionais envolvidos na realização do mesmo.

Para mais informações, procure a secretarial paroquial.