Uma Paróquia
Uma Comunidade

Situada no coração do setor Nova Suiça, a Paróquia Nossa Senhora Aparecida e Santa Edwiges recebe todos os anos milhares de peregrinos e fieis. Suas trinta e uma pastorais, grupos e movimentos trabalham para semear a Boa Nova de Jesus na comunidade.

Expediente

(62) 3259-8374 // (62) 3259-9693

Whatsapp: (62) 98410-0165

Rua C-252 Qd 589 Lt 12 

Setor Nova Suiça CEP 74280-160

Goiânia - Goiás

E-mail: paroquiasantaedwiges16.pascom@gmail.com

Conecte-se
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2020 por LB Comunicação e Marketing

19 de Janeiro - 2º Domingo do Tempo Comum / Cor Litúrgica: Verde

Liturgia do Dia: Is 49,3.5-6 / Salmo 39 / 1Cor 1,1-3 / Jo 1,29-34

Santo do dia: Memória de São Sebastião

A exemplo de João Batista, somos motivados a proclamar Jesus o Filho amado de Deus, a luz que conduz os passos da humanidade e lhe traz a salvação. Chamados a ser discípulos missionários, procuremos, neste início do Tempo Comum, celebrar em sintonia com o Espírito que nos leva a testemunhar e cumprir a vontade do Pai.

Proclamação do evangelho de Jesus Cristo segundo João – Naquele tempo, 29João viu Jesus aproximar-se dele e disse: “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. 30Dele é que eu disse: ‘Depois de mim vem um homem que passou à minha frente, porque existia antes de mim’. 31Também eu não o conhecia, mas, se eu vim batizar com água, foi para que ele fosse manifestado a Israel”. 32E João deu testemunho, dizendo: “Eu vi o Espírito descer, como uma pomba, do céu e permanecer sobre ele. 33Também eu não o conhecia, mas aquele que me enviou a batizar com água me disse: ‘Aquele sobre quem vires o Espírito descer e permanecer, este é quem batiza com o Espírito Santo’. 34Eu vi e dou testemunho: este é o Filho de Deus!” – Palavra da salvação.

Reflexão:

A Igreja abre o Tempo Comum com um texto do Evangelho de João. A intenção, neste domingo, é apresentar Jesus e sua missão. Quem entra em cena para apresentar o Mestre é João Batista. Segundo o seu testemunho, Jesus é o Cordeiro de Deus, sobre o qual repousa o Espírito, e o eleito de Deus para uma missão. João Batista, todo eufórico, apresenta aquele que considera mais importante que ele mesmo. Não se engrandece a si mesmo, mas exalta aquele que está chegando, o Messias, Filho de Deus. A alegria com a qual o profeta o apresenta deve contagiar todos os que se propõem segui-lo. João terá pensado: finalmente chegou o tão esperado Messias, o Redentor da humanidade. Cada comunidade cristã é convidada a apresentar com alegria o Deus que se torna carne, gente como a gente. Mas é esse “Deus encarnado” que nos batiza com o Espírito para sermos pessoas e comunidades alegres, otimistas e esperançosas, superando o medo e a apatia.

(Dia a dia com o Evangelho 2020 - Pe. Luiz Miguel Duarte, ssp (dias de semana) Pe. Nilo Luza, ssp (domingos e solenidades))

Fonte: https://www.paulus.com.br/portal/